27 julho 2011

MORRE EM LONDRES JOHN STOTT

John Stott morre em Londres!

Aos 90 anos líder escreveu 40 livros, alguns publicados no Brasil

Faleceu na tarde desta quarta-feira, 27 de julho de 2011, o líder e evangelista londrino John Stott. Segundo informações do presidente do ministério que carrega o nome do líder, Benjamin Homam, a morte aconteceu às 3:15 (horário de Londres) por complicações relacionadas à sua idade avançada -Stott tinha 90 anos-. Nas últimas semanas, Stott já não vinha se sentindo bem.

Família e amigos haviam se reunido recentemente com Stott. Homam frisou ainda que o ministério já se preparava para o pior. “Stott deixou um exemplo impecável para lideres de ministérios em todo o mundo. Deixou para muitos um amor pela igreja global, e uma paixão pela fidelidade bíblica e amor pelo Salvador”.

Considerado uma das mais expressivas vozes da Igreja Evangélica contemporânea, o inglês Jonh Stott nasceu em 27 de abril de 1921. Foi um agnóstico até 1939, quando ouviu uma mensagem do reverendo Eric Nash e se converteu ao cristianismo evangélico.

Estudou Línguas Modernas na Faculdade Trinity, de Cambridge. Foi ordenado pela Igreja Anglicana em 1945, e iniciou suas atividades como sacerdote na Igreja All Souls, em Langham Place. Lá continuou até se tornar pastor emérito, em 1975. Foi capelão da coroa britânica de 1959 a 1991.

Stott tornou-se ainda mais conhecido depois do Congresso de Lausanne, em 1974, quando se destacou na defesa do conceito de Evangelho Integral – uma abordagem cristã mais ampla, abrangendo a promoção do Reino de Deus não apenas na dimensão espiritual, mas também na transformação da sociedade a partir da ética e dos valores cristãos.

Em 1982, fundou o London Institute for Contemporary Christianity, do qual hoje é presidente honorário. Escreveu cerca de 40 livros, entre os quais Ouça o Espírito, ouça o mundo (ABU), A cruz de Cristo (Vida) e Por que sou cristão (Ultimato).


Fonte: Com Christianity Today e Mundo Cristão


SOLI DEO GLORIA

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

19 julho 2011

MAIS UM ENGANO EM NOSSO MEIO COM ROUPAGEM ESPIRITUAL



Mais uma vez vemos o silvo da serpente se fazer presente no meio gospel. Vem transvestido de espiritualidade e com citações de textos bíblicos. Mais uma vez o meio gospel abrirá as portas para a perversidade e abraçará com prazer a corrupção em seu meio. O que espanta é que isso está divulgado em sites de grandes comunidades de fé, mas não é de estranhar, pois, estas comunidades já se desregraram há muito tempo e esse desregramento é a base da operação do mistério da iniquidade que o apóstolo Paulo nos fala em II. Tes. 2:7.
Os cantores gospel mais uma vez buscarão a glória que não lhes pertence e se fartarão com a ocuidade oferecida pelo mundo.
As justificativas são no mínimo risíveis, pois, apontam exacerbadamente para o homem. Neste tipo de evento o homem é o centro e Deus o acessório. Veja a justificativa utilizada para dar vazão a esta pornografia gospel: "
Mais do que uma simples premiação, o Troféu Promessas torna-se instrumento para honrar a vida daqueles que se dedicam a exaltar fielmente o Senhor por meio da música. Esses levitas trabalham com excelência, abdicando, muitas vezes, do tempo com a família para se dedicarem ao serviço em prol do Reino".
Quer dizer então que os cantores gospel precisam ser honrados por se dedicarem a exaltar o Senhor fielmente? Pergunto: E as centenas de missionários e pastores que estão anonimamente em países mulçumanos, orientais, internados em florestas tropicais, aqueles que estão no sertão do Brasil vivendo quase à mingua, nada valem? Valem somente estes que buscam os holofotes do sucesso? Somente estes cantores gospel se dedicam fielmente ao Senhor, trabalham com excelência e abdicam do tempo e da família em prol do serviço do Reino? Esse tipo de argumentação somente mundaniza a igreja e atrai o ridículo daqueles que são movidos pelo amor do Pai. Essa argumentação é típica daqueles que fazem perder a glória de Deus pela glória do mundo.
A explicação dada no site do troféu é sensacional:
"As promessas de Deus têm se cumprindo na música evangélica. Prova disso são as composições inovadoras, mostrando que inspiração e unção fazem, sim, diferença na vida das pessoas". As promessas de Deus têm se cumprido na música evangélica? De onde isso foi tirado? Qual a base bíblica para essa afirmação? Deus nunca cumpre promessa em música alguma. Isso é ridículo e pobre! Ultrapassou-se a limite do ridículo a afirmação que as composições mostram inspiração e unção. Nunca se viu e ouviu tanto besteirol ligado aos valores do Reino de Deus como hoje em dia, haja vista, a enxurrada de musicas sem o mínimo conteúdo e relevância para a adoração.
Então usam o argumento no site que para não se esquecer de Jesus que é o centro de tudo o troféu terá a forma da Arca da Aliança (pelo que pude deduzir), pois, a Arca simbolizava a presença de Deus no A. Testamento. Nada mais é do que introduzir idolatria no meio cristão. A presença de Cristo não precisar ser lembrada por uma imagem da Arca, mas deve ser vivida na dinâmica do Espirito Santo.
Veja esta outra pérola e essa foi demais:
"O segundo ponto relevante é falar do termo “levita”, que significa “descendente de Levi” – um dos 12 filhos de Jacó. O texto de 2 Crônicas 31.14 relata que o levita Coré era guarda do portão leste do templo e encarregado das ofertas voluntárias a Deus. Os levitas possuíam diversas atribuições, entre elas, guardas, porteiros, cantores e instrumentistas (2 Crônicas 5.13; 34.12). Ou seja, eles serviam na casa do Senhor.

Trazendo esta verdade para o meio musical, podemos dizer que aqueles que cumprem o seu ministério trabalhando com canções foram comissionados para levar a “arca do Senhor”, isto é, a presença de Deus, na vida das pessoas por meio da música".

Então somente aqueles que cumprem o seu ministério trabalhando com canções foram comissionados para leva a arca do Senhor, isto é, a presença de Deus, na vida das pessoas por meio da música? Vamos deixar bem claro algumas coisas:

1. Não existem levitas na igreja do Senhor Jesus Cristo. Isso era próprio do povo judeu e nada mais. Essa forma de judaizar a igreja é um total desconhecimento da mensagem do Evangelho. Em Cristo não existem diferenças de tribos e nações, mas somos um só corpo.

2. Quando se afronta a Palavra de Deus com essa divisão de classes, então vemos as aberrações serem acrescentadas em nossos meios. Que fique bem claro que na Igreja de Cristo não existem privilegiados de forma alguma. Quando isso acontece, como querem estes que promovem esta aberração chamada Troféu Promessas, somente nos rementem ao ensino tão abominável como a doutrina dos nicolaítas exarado de Apoc. 2:6, 15. O que essa premiação quer explicitar é que quem canta é diferenciado do todo. NUNCA, NUNCA NUNCA.

3. Dentro do princípio regulador do culto da teologia reformada aquilo que não está novo testamento não está em nossa liturgia. Levita não está no Novo Testamento. É uma instituição ligado ao culto do A. Testamento e me parece que muitos usam essa terminologia para ganhar relevância e serem inquestionáveis. Os levitas eram os serventes do templo e suas funções eram: Eles preparavam os animais a serem sacrificados, mantinham vigilância, faziam trabalhos braçais, limpavam o lugar de adoração, agiam como assistentes dos sacerdotes aarônicos. Alguns levitas aproximavam-se dos sacerdotes quanto à dignidade, mas outros eram pouco mais que escravos”.

4. No Novo Testamento todos nós somos sacerdotes – I Pe. 2:9-10

Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o

povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos

chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; Vós, que em outro

tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não

tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes

misericórdia”. Essa preciosa verdade foi resgatada pelos reformadores

e depois de quase cinco séculos vem sendo esquecida pela igreja.

Não podemos esquecer que a Rede Globo não faria isto de graça, somente por fazer. Ela o fará porque não quer perder espaço dentro dos vários segmentos sociais, dentre eles o evangélico. Essa premiação vem bater de frente com o Troféu Talento promovida pela Rede Record. Então alguns incautos acham que ganharão visibilidade indo a este circo dos horrores. Vale lembrar que essa mistura de coisas ligadas ao sagrado com uma emissora como a Globo somente aponta para o fato que os evangélicos não possuem identidade e respeito. Envolver com uma emissora que ao longo dos anos vem detratando a igreja de Deus, insuflando na sociedade um modus vivendi perverso, fazendo crer que homossexualismo é algo extremamente normal e aceitável através de suas novelas, criando comportamentos que degeneram as famílias é no mínimo uma vergonha. O BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) fez uma pesquisa onde ficou provado que após 20 anos acompanhando as novelas da Globo, que o numero de divórcios aumentou no Brasil, ou seja, as novelas da Globo serviram de base para a destruição de centenas de famílias. A Globo está fazendo o seu papel, os evangélicos é que não estão cumprindo o seu.

Parece-me que a igreja desce vários degraus que a levariam à Santidade de vida ao participar e receber os aplausos do mundo. Creio firmemente que a igreja com tal comportamento se vê totalmente cooptada pelo mundo e seus valores.

SOLI DEO GLORIA

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

14 julho 2011

Seminário Especial de Capacitação de Líderes Libertadores. O que é isso?



Recebi este folder, de um colega pastor, na última reunião da Ordem de Pastores a qual pertenço e não pude deixar de notar a expressão jocosa que o mesmo deixou transparecer quando entregou. Primeiro o título chama a atenção porque é espalhafatoso e aparentemente espiritual, mas não passa de uma péssima jogada de marketing. Veja como o título é contraditório: Seminário Especial de Capacitação de Líderes Libertadores. Se o líder estiver preso a algum poder demoníaco o que será de sua congregação? Líder libertador? Libertador por excelência é Cristo. Sua obra sempre foi e será suficiente para libertar qualquer pessoa em todos os tempos. O que me incomoda nestas sandices é a tentativa de impor mediadores entre o homem e Deus. Tais propostas somente ferem a Palavra que diz que existe somente um mediador entre Deus e o homem, Jesus Cristo homem. Essa insistência em afirmar que o Calvário e sua obra não são suficientes para a total libertação do homem, quanto mais cristão. A Palavra de Deus é clara em afirmar que "Se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres". Outra coisa desagradável é a aceitação tácita de qualquer coisa que venha dos Estados Unidos como se fosse algo celestial. Por que não trazer ao Brasil pessoas com peso intelectual e espiritual para fazer diferença? Essa preletora já foi rechaçada e desmascarada nos EUA e ainda existem pessoas divulgando este tipo fracasso para o povo de Deus. Veja como ela foi desmacarada nos EUA. Meu primo, pastor em Dallas Texas, enviou-me anos atrás a tradução que ele fez, com a devida autorização dos autores, sobre a história de Rebecca Brown. Quem quiser pode acessar no hiper link acima (inglês) ou me pedir que eu envio por email (Português). Com a chegada desta preletora ao Brasil veremos uma demonização de tudo e todos. Essa tendência neopentecostal é uma grave desvirtuação da Palavra. Muitos acham que se não endemoninharem as pessoas e coisas não haverá demonstração do poder de Deus. A maior demonstração do poder de Deus está na obra de salvação de um pecador. Mas parece que isso não basta para tais pessoas. Gostaria de escrever mais, mas isso cansa qualquer um.
Baseado no documento recebido de Dallas a preletora perdeu suas credencias de médica por usar medicamentos acima do permitido em seus clientes quando ainda clinicava, dentre outros comportamentos. Ela mesma utilizava drogas pesadas e repassava isto para outros.
Abaixo o veredito do Conselho de Medicina do Estado de Indiana e a conclusão do texto recebido :

"Na audiência do Conselho de Medicina do Estado de Indiana concluiu e emitiu o seguinte “Fatos encontrados, Conclusões da Lei e Ordem”. As oito paginas do relatório, revogou imediatamente a licença médica de Rebecca . Dentre os mais comentados trechos do relatórios separamos alguns:

8) Em inúmeras ocasiões a acusada – Rebecca – com conhecimento e intencionalmente, diagnosticou errado seus pacientes incluindo mas não limitando seus pacientes pelos nomes de Edna Elaine Moses, Elaine Moses, Elaine Bailey (o qual coletivamente se referia a “Edna Elaine Moses “), Claudia Moses, Lucia Lively, Luccinda Sisson, Kelly Sisson, Cherul Maynard , e outros dois pacientes identificados apenas por “V.B. e K.W.”.

9 ) Que o erro de diagnóstico referido no relatório acima, inclui o erro de leucemia, varias desordens, inflamação na vesícula biliar, tumores no cérebro e outras

enfermidades e condições na qual a “acusada” afirma serem alegadamente causadas por demônios, diabos e outros espíritos malígnos.
10) De fato, os pacientes referidos acima ( item 8 ) não sofrem de nenhuma das doenças diagnosticadas erroneamente.
11) Que em diversas ocasiões a “acusada” afirmou que ela era escolhida por Deus como a única médica capaz de diagnosticar certas enfermidades, condições estas que outros médicos não tinham porque eles, incluindo os médicos do Hospital Memorial de Ball em Muncie, Indiana, o Centro Médico São João em Anderson, Indiana, eram de fato, demonios, diabos e espíritos malígnos.
12) Que a “acusada” estava inapropriadamente tratando a suposta leucemia de Edna Elaine Moses com doses maciças de Demerol e Fenobarbitol ao nível em que a paciente podia tolerar 600 a 900 cc de Demerol injetável, quando a dosagem normal é de 150 a 200 cc, e ainda dando três vezes mais do que a dose recomendada do Fenobarbitol.
13) que a “acusada” deu a Cláudia Moses 15 anos, filha deficiente de Edna Elaine Moses, cuja idade intelectual é de 8 anos, inúmeras injeções de Demerol para alegadas “náuseas” e permitiu que Cláudia administrasse Demerol em si mesma.
14) Que em inúmeras ocasiões a “acusada” suprira seus pacientes com excessivas doses de substancias controladas sem nenhuma explicação, instrução ou tabela.
15) Que muitos pacientes da “acusada” tiveram que se submeter a desintoxicação e serem retirados das excessivas doses de substancias controladas que a “acusada “ estava prescrevendo e ou administrando sem validas razões terapêuticas.
16) Que enquanto Edna Elaine Moses estava sob imediatos cuidados e tratamento da “acusada” a família de Edna Elaine Moses teve que ter Edna internada na Emergência do Hospital São Vicente, em Indianápolis, Indiana e subsequentemente admitida para desintoxicação no Hospital Carter LaRue, em Indianápolis, Indiana devido à excessiva quantidade de substância controlada que a “acusada” prescreveu e administrou por causa da suposta leucemia de Edna e para tratamento de infecções múltiplas, incluindo infecções de seu trato urinário e infecções de vários cateteres, inclusive a “Hickeman”, cateter usado para facilitar a administração de medicação intravenosa e também para tratamento de lesões causadas externamente....

20) Que a “acusada”afirmou inúmeras ocasiões que ela possuía a capacidade de compartilhar a doença de seus pacientes quando combatendo demônios, diabos e outros espíritos malígnos que alegadamente causavam os vários sintomas e condições e que ela estava, na realidade, “compartilhando” a leucemina de Edna Elaine Moses.

21) Que sem uma valida razão terapêutica a “acusada” se auto diagnosticou e auto medicou com quantidades exageradas de Demerol para a sua leucemia, a qual ela alegava compartilhar com Edna Moses e também para tratamento de um alegado tumor cerebral e miastenia grave.

22 ) Que a “acusada” foi vista rotineiramente recebendo doses exageradas de pelo menos 3 ccs de Demerol de hora em hora, onde injetava em si mesma, nas “costas das mãos”, entre as coxas, ou em qualquer outro acesso venoso que ela achasse.

23) Que os psiquiatras apontados pelo Conselho que examinaram a “acusada” e revisaram as afirmações feitas pelos seus pacientes, diagnosticaram uma aguda desordem de personalidade incluindo ilusão demoníaca e ou esquizofrenia paranóica.

Finalmente, baseado nas conclusões dos “Fatos apurados”, o Conselho de Medicina então declarou:

(D) vício ou severa dependência ao alcool e outros , que causam risco ao público por impedir a habilidade de praticar com segurança...

(3) prescrevendo ou administrando a outros que geralmente aceitos; e

(4) negligência grosseira da prática da medicina.

O ponto mais importante do relatório médico está na divulgação de “overdoses” de Demerol em ambas, Elaine e Rebecca. Dependência a Demerol, um depressivo, tem claramente efeitos colaterais identificáveis. O Guia Essencial de Prescrições descreve dos efeitos colaterais da overdose de Demerol : “desorientação, alucinações, caminhar instável, comportamento paradóxico sugerindo desordens psicológicas. O guia continua : “fraqueza , desmaio, desorientação, tonturas, dificuldade de concentração, dependência, confusão, convulsões”. É impossível determinar a quantidade de contatos com satanás, se houveram, enquanto estavam sob a influência das drogas. Porém uma coisa é certa que seus estados influenciados não trouxeram direta revelação de Deus. Ambas estavam se alimentando e se abastecendo de interpretações próprias . A percepção de Rebecca e Elaine de fatos e experiencias pessoais eram como imagens que se vê nos espelhos das casa de espelhos dos circos – a imagem está lá, mas completamente distorcida da realidade.
A estória de Rebecca e Elaine, contada por Chick, com suas afirmações extra bíblicas, e origens pecaminosas, podem ser claramente combatidas quando comparadas aos padrões da Palavra de Deus. Mais ainda, nós não podemos ignorar a vasta quantidade de documentação e testemunhos dados por policiais, doutores, advogados, familiares e conhecidos; nem podemos dar atenção a alegação que eles são parte de um complô de satanás para desacreditar Rebecca e Elaine.
A carreira médica de Ruth Bailey foi reduzida assim que ela se “deteriorou em uma mulher atormentada pela droga, extremismo religioso e a crença que pacientes e colegas eram possuídos por demonios” ( 71 )
Jack Chick continua a enganar o público com suas promoções questionáveis e testemunhos sensacionalisticos. Avanços como este não edificam o Corpo de Cristo. Aparentemente , Chick foi vitima de mais uma armadilha de satanás e está preso nela. Vamos esperar que no futuro ele venha a ter conhecimento do passado sórdido e suspeito destas senhoras e admita que ele também foi enganado. Nós oramos também para que Rebecca e Elaine se arrependam das mentiras e decepções que causaram entre os cristãos , o que de nada mais servir senão para ferir a igreja".

Gostaria de destacar que essa postagem tem a finalidade de ser um ponto de reflexão sobre o assunto. Ressalto que não conheço Rebecca Brown e nunca me interessei em ler qualquer escrito seu. Não emito opiniões ou conceitos sobre a pessoa da preletora internacional.

Soli Deo Gloria

Pr. Luiz Fernando R. de Souza